Make your own free website on Tripod.com



Geografia Física

Solos

Podemos divididir os solos em duas categorias básicas: os solos férteis, onde já atua a vida microbiana onde é estudado pela edafologia; e o solo mineral ainda não considerado apto para a prática agrícola, conhecido como regolito.

terra.jpg

logo_embrapa.jpg

erosaowww.jpg

Início | Geografia | Geomorfologia | Hidrografia | Solos | Climatologia | Cartografia e Geoprocessamento | Biogeografia | Lagea

Composição:O solo é constituído de partículas de diferentes tamanhos. Sua parte mineral é composta de: argila, silte, areia, cascalho, calhau, matacão.
 
Os solos arenosos: caracterizam-se pela boa aeração o que ajuda na penetração da água e no desenvolvimento de raízes de plantas. 
Além disso, eles geralmente são de fácil mecanização apesar do desgaste que eles podem causar às máquinas devido ao atrito.
 
Os solos argilosos: não são tão arejados, mas possibilitam um grande armazenamento de água.Isto quer dizer que eles são menos permeáveis, ou seja, a água passa mais lentamente entre os poros ficando então armazenada.
Porém, existem alguns solos brasileiros que mesmo sendo compostos em sua maioria por argila, diferem-se por apresentar grande permeabilidade. Isto acontece devido a sua composição que possui grande quantidade de óxidos de alumínio (gibbsita) e de ferro (goethita e hematita).
Deste modo, são formados pequenos grãos que se assemelham ao pó-de-café fazendo com que o terreno tenha um comportamento semelhante ao arenoso. Esse tipo de solo é denominado latossolo.
 
Solo siltoso: com grande quantidade de silte, geralmente são muito erodíveis. O silte não se agrega  como  a argila e ao mesmo tempo suas partículas são muito pequenas e leves.